Fechar os olhos pra não ver
E refletir o que não quero sentir
Sentir o sol amanhecer
E as lágrimas de sangue e ódio do meu rosto cair

E as flores que me foram dadas murcharam
E sujaram meu chão
E as verdades que me foram ditas desapareceram no ar
E as lembranças agora não mais me incomodam

Deixa chover e molhar minhas feridas e o meu sorriso
Deixa chover e o vento cortar meu desejo escondido
Deixa chover
Deixa chover

Não adianta se esconder
Agora sei quem você é
Não vá tentar me enganar
Não chegue perto, posso te fazer chorar

Não me force a ver a verdade velada por suas mentiras
Não quero saber das suas teorias
Pois o que eu guardo aqui dentro de mim é pena de você
O que eu guardo aqui dentro de mim é pena de você

Deixa chover e molhar minhas feridas e o meu sorriso
Deixa chover e o vento cortar meu desejo escondido
Deixa chover e molhar minhas feridas e o meu sorriso
Deixa chover e o vento cortar meu desejo escondido

Não adianta se esconder
Agora sei quem você é